30 de janeiro de 2010

IDEIAS NA VARANDA

Saber a hora de pôr a mente para vagabundear. Nesse momento de respiro, o texto ganha conexões e recombinações que a mente em vigília é incapaz de captar.

28 de janeiro de 2010

GEOTEXTO

Textos se parecem a acidentes geográficos. Há textos montanhas: o assunto vai crescendo até o cume. Há textos vales: lineares do começo ao fim. Também há textos oceanos: revoltos, sacolejantes. Mas os melhores são os textos rios: fluem da nacentes ao mar.

26 de janeiro de 2010

CLIENTES

Os clientes são os donos do conteúdo. Meu trabalho é traduzir este conteúdo para pessoas de carne e osso (pessoas não especialistas nesse conteúdo). Trata-se de uma ação de comunicação, leia-se, ação de tornar comum.