20 de março de 2010

INSIGHT

No lugar do "ultrapassado" conceito de passar uma mensagem, cresce a ideia de proporcionar uma experiência para o leitor. Muda a pergunta. O redator diante de uma encomenda deve indagar: Que tipo de experiência meu texto está propondo?

16 de março de 2010

1 de março de 2010

DESIGN

Sempre odiei esquemas para redigir. A palavra esqueleto, então, me dava pânico. Até que compreendi que esquema e esqueleto podem ser trocados por uma ferramenta mais eficiente para pensar o pré-texto. Trata-se do desenho. Desenhar o texto é visualizar suas unidades de sentido, mas também suas curvas e intensidades. Por fim, concluí: ter o desenho do texto é meio caminho andado.